EIS O NATAL

natividade-m-i-rupnik-lenno

Precisamos nos “tornar” uma manjedoura para que o verdadeiro Natal aconteça em nós. É visível o esgotamento físico, mental e, principalmente, emocional das pessoas nesta época do ano. Este tempo não tinha por objetivo nos fatigar, mas sim nos esperançar. No entanto, somos afrontados inteiramente pela lógica do mercado que comanda tudo, e esquecemos do real significado do Natal. Em vez de nos encantarmos com o nascimento do Menino-Deus, vivemos sob a pressão do velhinho com barbas que insiste em querer dar-nos presentes e nos encher com tantas caixas e pacotes que, no dia do Nata,l não conseguimos nem estender a mão, muito menos sair de nossas casas, pois o peso que carregamos é maior que a leveza que desejamos possuir.

Somos convencidos a gastar o que não temos, adquirir o que não precisamos e crer naquilo que não sacia nossa fome de solidariedade, paz, amor, justiça e alegria sincera. Perdemos o encanto pelas celebrações natalinas, justamente por somos orientados a ver e seduzidos a querer o que não nos garante um princípio-esperança de vida, e apenas contraímos dívidas e já nos comprometemos para um Ano novo repleto de gastos e cansaços.

Fazer-nos manjedoura é deixar de ser depósito de bugigangas. A manjedoura é simples por essência, não é pretensiosa, é o que é. É sua simplicidade que a torna berço da maior riqueza que a humanidade pode testemunhar. A Palavra que se fez Carne (Jo 1,14) é nela que o eterno se fez no tempo.  O maior presente encontrou refúgio no lugar mais simples. O Menino-Deus, em uma simples manjedoura, tornou-se o mais belo presente.

Ser manjedoura é ser tomado pelo espírito da simplicidade que transborda em alegria. Não estagnar nas coisas empacotadas, mas se abrir à verdadeira realidade do Natal: receber o Menino Jesus em nossa vida. Receber Jesus é dar espaço para que o próprio Deus manifeste sua graça em nossas vidas. É fortalecer os laços que nos fazem mais irmãos e irmãs, garantir esperança para os dias que hão de chegar, olhar para si mesmo e crer que você é a “chance de um mundo melhor”.

Prepare-se para ser manjedoura. Receba o verdadeiro presente. Seja um sinal de esperança neste Natal que se aproxima.

Diácono Éderson

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: