RADIOGRAFAR A ALMA

Você já fez radiografia? Precisou realizar tal procedimento sob orientação médica? Mas, por que se faz uma radiografia (também conhecida como RAIO-X)? Podemos dizer que sua função primeira é, entre outras, avaliar mudanças ósseas; localizar objetos estranhos; detectar a presença de câncer; avaliar lesões ou o dano causado por infecções, artrite, crescimentos ósseos anormais ou osteoporose; guiar cirurgias ortopédicas, como a reparação da coluna vertebral, substituição de articulações  e redução de fraturas; determinar se existe acúmulo de líquido na articulação ou em volta do osso; garantir que determinada fratura solidificou corretamente e determinar se um osso está quebrado ou uma articulação está deslocada.

Uma radiografia é realizada para ver o que está acontecendo lá “dentro” do seu corpo. Este exame nos garante, detalhadamente, uma imagem de como está nosso organismo no seu interior, especialmente se ele está sendo afetado por algo estranho em relação à sua natureza.

Já pensou em uma radiografia da alma? Olhar para dentro do seu ser mais profundo: olhar para sua alma sem medo, nem receio ou quaisquer tipos de preconceitos. Como para vencermos uma enfermidade é preciso diagnosticá-la, assim, ao olharmos para nossa alma podemos descobrir o que nos impede de almejar a santidade, descobrir aquilo que não nos permite superar os vícios e dependências. O processo de cura começa quando sabemos realmente a doença que em nós se instalou. É preciso saber o que prejudica nossa alma, nosso ser, para que nos empenhemos em nos libertar, nos purificar, curar. Já se sente melhor quem ousa lutar contra aquilo que impede de ter uma vida física e espiritual mais saudável.

Quando nos deparamos com uma enfermidade imprevista, na maioria das vezes nos sentimos totalmente impotentes no que diz respeito ao que fazer para vencê-la. Falta-nos conhecimento profundo da dinâmica do nosso organismo, parece que essa doença é maior do que nós. É assim também quando nos deparamos com o pecado que invade nossa alma. Não sabemos, no primeiro momento, o que fazer e já está em situação avançada, consumiu boa parte de nossa alma. O que era para ser luz torna-se terrível escuridão. As dores existenciais e espirituais tomam conta de nosso ser e contagiam nosso jeito de pensar, sentir e se relacionar. A dor é profunda e sobras são verdadeiras “sombras” a nos perseguirem.

Examinar nossa vida interior

A alma é o lugar privilegiado de luz e da presença de Deus. A alma vive de Deus acontecendo em nós. Portanto, é necessária uma radiografia dela para livrar-se dos vícios que nos entorpecem espiritualmente. Somos chamados a crescer como cristãos. Cristão rima como criatividade e não com monotonia. Criatividade é a marca de Deus, monotonia é a arma do inimigo.

Quem sabe, a radiografia pode começar a ser feita a partir da reflexão sobre os pecados capitais elencados, no século XIII, por Santo Tomás de Aquino, mas já comentados por todos os que se aventuram na vida espiritual: a gula; a ira; a inveja; a soberba; a avareza; a preguiça; a luxúria. Estes sete pecados capitais são a expressão da perda de sentido existencial. A partir destes vícios se compromete todo o processo evolutivo e construtivo da personalidade. Basta um destes vícios para que o homem se reduza como ser humano e se distancie do amor de Deus. Os pecados capitais são perigosos e nocivos porque podem transformar a vida humana em uma desgraça e sofrimento. São a origem dos outros pecados. Basta o exemplo de uma pessoa “irada”. Não consegue estabelecer relacionamentos duradouros com ninguém, torna-se insuportável pela maneira como se relaciona, muitas vezes, relações regadas a gritos e palavras não fraternas. Uma pessoa irada, além de se maltratar, fere a vida do outro. É uma alma doente, necessita de atenção e cuidados. É preciso radiografar a alma para ver onde esta a raiz deste vício capital que mata, aos poucos, a vida desta pessoa.

Olhar para dentro de si. Radiografar a alma. Detectar tudo aquilo que é nocivo e perigoso para a saúde espiritual é um exercício benéfico para toda a vida. Contar a ajuda do “médico dos médicos”, Jesus Cristo, e com o auxilio do poder terno do Espírito Santo, dom Deus para que sejamos pessoas curadas no amor.

Ederson Iarochevski

Anúncios

Tags: , , , ,

2 Respostas to “RADIOGRAFAR A ALMA”

  1. MARCELO RODRIGUES (PAPANDUVA) Says:

    GOSTEI MUITO DO TEXTO.
    PARABENS EDERSON.

  2. Mônica Says:

    Ajudou-me muito, esse texto. Deus te abençoe!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: