CORAÇÃO – TERRITÓRIO DE DEUS

É neste tempo repleto de ambigüidades que nossa conversão precisa acontecer. Não queremos negar o mundo, mas nos aproximar dele com um jeito certo. Não rejeitamos o desenvolvimento, pois nele Deus também se manifesta, mas não podemos esquecer, lembrados por Bento XVI, que “o grande capital a preservar e valorizar é o homem, a pessoa, na sua integridade”. Se assim for, vamos cada vez mais nos convencendo e tendo a certeza de que não somos um átomo perdido num universo casual, mas somos, verdadeiramente, criatura de Deus, à qual o próprio Deus oferece a imortalidade e que desde sempre nos amou.

Celebrando a alegria de viver em um momento privilegiado, onde as mudanças estão acontecendo, nós, amantes da Palavra que liberta e promove a vida, somos chamados a “converter nosso coração”: uma mudança, um desenvolvimento humano integral se faz urgente.

Que seja a confiança a chave que abre as portas do nosso coração, e não a resignação, a mortificação que faz sofrer, os sacrifícios externos que dilatam e maltratam o corpo. Quaresma é tempo para que o coração tenha oportunidade de ser de Deus, território onde Deus possa fazer morada. Somos santos não por termos controle sobre nós mesmos, somos santos, sim, porque Deus está nos guiando, fortalecendo, apontando caminhos, nos transformado “no melhor que podemos ser”.

É tempo de ouvir a voz de Deus que nos fala “sede santos como vosso Pai do Céu é santo”. Não somos santos porque temos um monte de qualidades e capacidades, mas sim, porque nos esvaziamos e, humildemente, deixamos Deus agir em nós. Santo é ser, com toda certeza, instrumentos da poesia de Deus. Somos santos à medida em que deixamos Deus vencer em nossa vida. Quaresma é o tempo que temos para nos preparar para vivermos com amor todos os tempos que nos são confiados.

Talvez seja tempo de olhar diferente. Sentir diferente. Pensar diferente. Ser diferente para cada vez mais ser como Jesus de Nazaré. No tempo das incertezas podemos ficar certos de que a Palavra de Deus nos converte em homens e mulheres de boa vontade, que desejam fazer acontecer o Reino de Deus em seus espaços, em sua vida, em sua história.

Você poderá se perguntar: – mas, onde está o Reino de Deus? A resposta: está em nosso tempo, porque o Reino encontra-se onde a vida humana se torna “realizada”, onde se cumpre a salvação.

Fernando Pessoa, poeta português, diz: “Deus quer, o homem sonha, a obra acontece”. Deus eternamente deseja que nosso coração mude. A nós cabe sonhar com esta mudança e, sonhando juntos, podemos confiar que a mudança acontecerá, pois a obra vai acontecer. O tempo da Quaresma pode começar com este grande sonho de cada um: “ser de Deus”. Ser amigo de Deus. Mudar o coração em Deus para que tudo possa mudar.

Jesus agia nas situações como o próprio Deus agiria, pois ele é o narrador do Pai. Nós podemos, através do nosso encontro com Deus nesta Quaresma, agir como se fosse o próprio Deus agindo. Eis o tempo de conversão…

Para um novo tempo, corações renovados em Deus.

Anúncios

Tags: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: